sábado, 10 de setembro de 2011

quinta-feira, 1 de setembro de 2011


Um velho índio descreveu certa vez os seus conflitos internos...

"Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e
dócil. Eles estão sempre a brigar."
Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a briga,
o sábio índio parou, reflectiu e respondeu:

-"Aquele que eu alimentar."
 

(Alembuda).
Porque julga a vida tão difícil? Cruel? Talvéz, porque está a fazer algo errado, digo eu.

Talvéz esperamos demais das pessoas, do mundo, e não fazemos o que deveríamos fazer.
Se o contrário de questionarmos as acções alheias, fizéssemos por nós, pelos outros, por todos !
Talvéz algo mudaria, se parássemos para pensar, se o que fizemos e se o que estamos à fazer, irá nos levar à algum lado.
Podemos fazer tudo, ou nada, basta querermos.
Podemos ser um vazio cheio de nada, ou simplesmente o que deveríamos ser.